terça-feira, 17 de maio de 2011

A Lua na Estrada

De repente a lua começou a se mover no céu!
Estava ali, foi para lá, voltou para cá...
-Que grandona que tá a lua!
-Pra onde que ela tá?-perguntou ele.
-Tá pra lá.-respondi.
Mas ela mudou de lugar de novo.
Crescia. Diminuía.Descia e subia no céu.
Sempre muito brilhante, muito grande, muito majestosa.
Dançava, dançava, dançava...
Fiquei encantada com aquela agitação.
E de repente, percebi.
A lua não dançava não, ela não subia nem descia, ela nem se movia!
O carro acompanhava a estrada, com suas curvas, aclives e declives.
A lua sempre ficou lá no céu, no mesmo lugar!
Viu só? E depois eles vêm querer dizer que a vida não é uma ilusão...

Um comentário: