sábado, 21 de janeiro de 2012

O Pássaro Azul





         Sabrina foi visitar um museu de pássaros, pois tinha de fazer um trabalho sobre eles, e além disso, ela os adorava. A garota olhava atentamente para um quadro onde havia um pássaro azul,do tamanho de um gato.
          O museu estava para fechar,os alarmes estavam sendo ligados, mas Sabrina ficou parada no mesmo lugar. Ela estava fascinada com aquele quadro.
          As luzes estavam apagadas, Sabrina, na frente do quadro, tremia; não de medo, estava com frio.
Ela estava sozinha no museu,apenas o guarda estava lá com ela.
Sabrina ouve alguém dizer:
         -Socorro!Ajude-me a sair daqui!
        Ela estranha, olha o pássaro e vê que ele treme.
        Ela diz:
        -Oh querido pássaro azul!Vou distrair o guarda, cortar os fios dos alarmes e assim vou libertá-lo.
E assim Sabrina fez. Fingiu que saía do museu, o guarda também saíra e trancara a porta, então Sabrina pegou uma lanterna e uma faca que estavam na copa do museu e cortou os fios dos alarmes. Ela pegou o quadro e fez vários furos no contorno do pássaro, destacou-o da pintura e o soltou dentro do museu.
       Na manhã seguinte, o guarda achou Sabrina  dormindo no chão, ao lado do quadro. No quadro, não havia mais um pássaro, apenas a paisagem onde ele estava antes.
      Ninguém nunca mais soube onde foi parar o pássaro, mas Sabrina teve de pagar uma multa muito alta, e teve sorte de não ter sido presa.
Fim


Caros leitores, esta história é uma redação que escrevi em minha sexta série, por isso vocês devem ter estranhado um pouco a maneira como eu a escrevi...
Acho que se trata de uma redação muito boa para uma garota da sexta série, modésta a parte, pois confesso que até eu mesmame surpreendo que eu a tenha escrito.Acontece que eu achei uma história muito boa e de muito suspense (considerando a idade com que eua escrevi) e por isso quis compartilhar ela aqui...
O que vocês acharam??

Boa leitura, Captain Purple


Um comentário: