sexta-feira, 3 de agosto de 2012

O Sertão - M.Quintana

Inutilmente, ao longo das ruas,
Os Anjos fazem trottoir...
Inutilmente...
Ninguém quer levar para casa
um pouco de céu; um pouco de si...
A lembrança do que se perdeu
sempre incomoda...
Os solitários bebem uísque e soda.
Os afamiliados também.
A nostalgia está fora de moda.
Depois, há a televisão,
o copo na mão - sinal
de que existe o mundo!
Subitamente alguém ri muito alto
- não se lembra de quê...
Um último Anjo retirante
espia, espia ainda a velha sala iluminada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário