terça-feira, 11 de setembro de 2012

A Sina

Levei todas as garrafas que encontrei
para meu quarto.
E até as duas da manhã fui uma
verdadeira poetisa.
Me embebedei,chorei,escutei música...
Escrevi,compus,amassei umas idéias.
Calma,as garrafas são
de água.
Me embebedei só de
poesia...
E o resto são angústias...
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário