domingo, 21 de outubro de 2012

Mande Deus Para o Museu! - Neimar de Barros

Quando eu vejo um auto suficiente,
Postado à minha frente,
Despejando sapiência,
Eu tenho ataque de riso.
O sujeito pensa que sabe tudo,
Que é gênio, intelectual,
E na verdade, é um ignorante letrado,
Um analfabeto das coisas divinas.
É um cara que só tem dez por cento
Do seu cérebro em funcionamento.
E com dez por cento
Julga Deus,
Apaga Deus,
Ri de Deus.
O Criador não acertou em nada
E o sabichão é que sabe tudo.
Ele, o bípede terreno com seus dez por cento
Entende profundamente
Da matéria e do espírito.
Mistério não há, tudo é claro,
Claro com seus dez por cento de cérebro
E cem por cento de auto suficiência.
Gênio!
Intelectual!
Você sabe tudo!
Diga - me uma coisa apenas:
Por que você primeiro não estuda e conserta
O que há de errado em sua própria vida?
Vida cheia de infidelidade,
Titubeios,
Preconceitos,
De vai -não- vai,
Medo,
Recalque,
Complexo.
Depois de consertar tudo sem Evangelho,
Usando só seus ridículos dez por cento,
Pegue Deus, coloque - o num frasco
E mande -o para o museu mais próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário