quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

A Menina dos Pássaros

A garota amava os pássaros.O canto, as cores,o vôo...Saía pela floresta e não voltava até que visse pelo menos um deles cantar, comer algum inseto do chão, ou mesmo voar um novo vôo.
Fazia arapucas para pegá -los.Tinha uma gaiola em casa.Bem grande.Colocava o passarinho lá e o observava e alimentava todo dia...
Quando via o pobrezinho ficando triste, ir perdendo o canto e a vividez, padecia junto, ficava muda, debulhava -se em lágrimas.Soltava o coitadinho,limpava a gaiola, lavava para que pudesse receber um novo visitante.Não deixava o cativeiro durar mais que uma semana...
Não maltratava pássaro algum, nem deixava que o fizessem.Uma vez, esbofeteou um garoto que carregava seu estilingue.Comprava todas as gaiolas que encontrava, soltava os passarinhos e queimava as gaiolas; cuidava e protegia ninhos, ovos, filhotes e alguns, que se machucavam...
Um dia a garota cansou de judiação...Quis voar juntocom os passarinhos.Subiu ao penhasco e voou...Seus pássaros lhe mostravam como bater as asas.Quando pousou, dormiu e não acordou.Cansou - se para sempre.Os urubus e abutres lhe fizeram um funeral...
Dias depois desocupou -se a casa onde morava a menina dos pássaros.Encontraram ali uma gaiola.Estava como nova,muito limpa,bonita e bem cuidada...Dentro dela havia um pássaro muito bonito e excêntrico.Uma espécie muito rara e incomum...Foi chamado o ornitólogo, mas este não soube explicar nada sobre o espécime.Muito surpreso e confuso, declarou apenas que era um pássaro muito inteligente, que se recusara a sair da gaiola, e que curiosamente lembrava muito uma garota...