domingo, 5 de maio de 2013

Assumo o Instinto Feminino Fofoqueiro


Estava pensando esses tempos... Segundo o livro “Porque os homens mentem e as mulheres choram?” as mulheres tem a necessidade de gastar quatro mil palavras por dia,enquanto os homens gastam apenas duas mil.Isso se deve ao fato de que desde a época das cavernas, os homens saíam para caçar, e se utilizavam muito mais da linguagem corporal,por sinais e  resmungos.Eles não precisavam contar aos outros o que  aconteceu durante o dia porque estavam todos na mesma caça, no mesmo local fazendo a mesma atividade.E tudo o que queriam ao chegar em casa era ficar sentados olhando para a fogueira.
É claro que eles de vez em quando rabiscavam as paredes para contar aos filhos como foi a caçada, ou ao amigo doente que teve que ficar em casa... Mas com as mulheres era totalmente ao contrário...Elas ficavam em casa cuidando dos filhos, cozinhando ou mesmo mantendo a habitação limpa e a fogueira acesa para quando seus caçadores chegassem...Elas precisavam compartilhar suas experiências de cuidar dos filhos e da casa com suas vizinhas e companheiras, ou mesmo precisavam explicar ao caçador que chegou em casa o porque de não ter uma fogueira acesa ou uma casa limpa.E para isso, explicavam toda a atividade que exerceram durante aquele dia.
Ou seja, devido à condição de caçadores, era uma necessidade dos homens se comunicarem menos através de palavras. E devido à condição de donas de casa, as mulheres precisavam de mais comunicação verbal.
Com isso, essa “necessidade de comunicação” se infiltrou no instinto da mulher, assim como o instinto maternal... Por isso a mulher é mais “fofoqueira”,mais “faladora” e mais detalhista do que o homem.Também por isso o homem é mais objetivo e direto que a mulher.
Mulher gosta de fofoca como troca de experiência. Mulher precisa saber de detalhes, e precisa compartilhar esses detalhes por experiência. Mulher necessita adquirir e transmitir experiência, instintivamente. Por isso é mais comum ficarmos horas no telefone. Por isso escrevemos diários, ou contamos cada detalhe de tudo que nos rodeia para a melhor amiga.Por isso nos deprimimos quando não temos alguém com quem conversar e desabafar.Por isso precisamos sair e gastar as nossas duas mil palavras a mais que o homem.
Mas onde quero chegar falado tudo isso?Como já devem ter desconfiado, estou primeiramente terminando de gastar minhas palavrinhas diárias... Estou desabafando, compartilhando minha “experiência”, estou “escrevendo meu diário” e fofocando para mim mesma sobre esse assunto...Mas sabe qual o principal motivo que me levou a ponderar sobre o “instinto feminino”?
Parei de escrever diário. E parei de falar comigo mesma também...comecei a colocar mais essas palavras para fora...sabe como?Me ocupando com uma vida mais concreta e firme... E organizando,administrando melhor a forma de gastá-las.
Como assim?Não entenderam?Muito menos eu... mas que eu gastei quatro mil(e quinhentas) palavras hoje, isso eu fiz...ufa!Boa noite, ou boa madrugada, ou boa tarde, ou bom fim de semana, ou boa semana, ou bom lusco – fusco...




Abraços esmagados e beijos demorados...

Captain Purple

Nenhum comentário:

Postar um comentário