terça-feira, 30 de setembro de 2014

Redação - Estudo para Vestibular

Saúde Quase Pública

     Os Estados Unidos finalmente estão adotando uma reforma no plano de saúde pública. Diferente do governo brasileiro, os EUA não possuem um sistema público de saúde como o SUS (Sistema Único de Saúde) e nem um órgão de vigilância sanitária como a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) e  assim, ou paga-se um seguro, ou pagam-se as consultas, acabando que nada fica barato.

      Segundo a reportagem de 06 de julho de 2012, da página Guia do Estudante, a Suprema Corte norte-americana aprovou uma reforma na saúde, proposta pelo presidente do país e conhecida como Obamacare, onde todo cidadão estadunidense está obrigado a ter um seguro de saúde, sujeito a  pagar uma taxa caso não o possua. Para as famílias de baixa renda, o governo ajudará parcialmente nos custos, com o intuito de aumentar a cobertura na saúde pública.

        Esta reforma não resolve totalmente o problema, e com certeza não é toda população que está de acordo com a proposta, além de que é necessário um período de adaptação por parte da população, mas o importante é que medidas foram tomadas, e se os Estados Unidos ainda não chegou lá, está no caminho certo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário