quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Citação de A Mão e a Luva - Machado de Assis

" - Se não sabe o que sou, - continuou Guiomar, - eu mesma o direi, para que te não case comigo assim de emboscada, e não lhe aconteça unir-se a um demônio supondo que é um anjo.

 - Um demônio!exclamou Luís Alves rindo.

- Nem mais nem menos, retrucou ela rindo também.Saiba pois que sou muito senhora da minha vontade, mas pouco amiga de a exprimir; quero que me adivinhem e obedeçam; sou também um pouco altiva, às vezes caprichosa, e por cima de tudo isto tenho um coração exigente.Veja se é possível encontrar tanto defeito junto."


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Citação de A Mão e a Luva - Machado de Assis

"Há criaturas que chegam aos cinquenta anos sem nunca passar dos quinze, tão símplices, tão tão cegas, tão verdes as compõe a natureza; para essas o crepúsculo é  o prolongamento da aurora.Outras não; amadurecem na razão das flores; vêm ao mundo com a ruga da reflexão no espírito - embora, sem prejuízo do sentimento, que nelas vive e influi, mas não domina.Nestas o coração nasce enfreado; trota largo, vai a passo ou galopa, como coração que é, mas não dispara nunca, não se perde nem perde o cavaleiro."