segunda-feira, 20 de abril de 2015

Esconde - esconde - Flávio Colombini


Ninguém vai me achar,
eu tenho certeza,
pois me escondi num lugar
que é uma beleza.

Será que eu saio agora?
Não.
Quero ser o último a ser achado,
mesmo que demore uma hora
para eu ser encontrado.

Aqui eu vou ficar,
aconteça o que for,
vou tentar aguentar
esse tremendo fedor.

Também,
por que eu fui querer
fazer isso?
Me esconder
numa lata de lixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário