quinta-feira, 9 de julho de 2015

Sonho de Heroi - Murilo Araújo

Com um galho de bambu verde
e dois ramos de palmeira
eu hei de fazer um dia o meu cavalo - com asas!

Subirei nele, com o vento, lá bem alto,
de carreira,
por sobre o arvoredo e as casas.

Voarei, roçando o mato, 
as copas em flor das árvores,
como se cruzasse o mar...
e até sobre o maro de fato
passarei nas nuvens pálidas
muito acima das montanhas, das cidades, das cachoeiras,
mais alto que a chuva, no ar!

E irei até às estrelas,
ilhas dos rios de além,
ilhas de pedras divinas,
de ribeiras diamantinas
com palmas, conchas, coquinhos nas suas praias também...

praias de pérola e de ouro
onde nunca foi ninguém...


Nenhum comentário:

Postar um comentário