terça-feira, 25 de agosto de 2015

"Bárbara"




Achava que meu português
era errado.
Subjeto da língua.
Sub objeto da língua.
Sub dejeto da língua.

O português certo é errado.
O português culto é errado.
O errado é dizer que o errado
é certo.

É errado dizer que o errado é culto,
mas não é errado dizer que o culto é errado.

Meu português não é português.
Meu português é latim, é guarani, é bárbaro.
Bárbara é o meu outro nome.
Meu português é brasileiro, nascido no sul,
morando em São Paulo, rondando Minas.
A língua que falo não é português.
A língua que escrevo não é português.
O que é o português?

O galego, o luso, o misto...

Escrevo numa língua e falo em outra.
Sou bilíngue, Trilíngue. Tetralíngue.
Sou ambidestra. Mas não pratico.
Sou uma minestra de língua, de fala,
de voz, de raça, de cor...
Sou uma minestra de letrinhas.

2 comentários: