terça-feira, 18 de outubro de 2016

"Mesuras, mesuras!"



A luta de um homem só,
a luta de um só homem.
Uma vida.
Amém.
O acólito.
Amém.
Um beijo? Dois beijos?
Um só.
Dançarino.
Um homem só.
Alemão, belga.
Biólogo, químico.
Em seu laboratório,
geólogo,
um homem só.
Amém.
Teatro te atrai
e trai, destrói.
Herói.
Um homem só.
A luta. De um só.
Um sol, um soldado, só.
Dados. Soldas.
Tantos sóis suados.
Amém?
A luta de um homem só.
Sólido. Solidão. Solidez. Solicitude.
Soldado e moldado.
Mas lorde-pirata.
A luta de um só homem
que não é mais
só um homem e nem
um homem só.






Nenhum comentário:

Postar um comentário